Acessibilidade

A discussão sobre a acessibilidade no turismo ou Turismo Acessível tem como referência a realização do Congresso Ocio, Inclusión y Discapacidad, realizado na Espanha em junho de 2003. A discussão teve tanta repercussão no continente que levou aquele ano a ser declarado Ano Europeu das Pessoas com Deficiência.

Um dos resultados do evento foi a criação do Manifesto por um Ócio Inclusivo1, que destaca em seu artigo 15 que, “No âmbito do turismo, devem ser garantidas as condições de acessibilidade global das infra-estruturas e espaços turísticos e impulsionar a possibilidade real para que todas as pessoas participem das ofertas de diversos turismos temáticos”.

Esta preocupação pelo tema deve-se a identificação do enorme contingente de pessoas em todo o mundo com algum tipo de necessidade especial, os quais, de acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), representam de 7 a 10% da população mundial.

Já no Brasil, o censo IBGE (2000) mostra que no país, 14,5% da população possui algum tipo de deficiência, ou seja, aproximadamente 24,5 milhões de brasileiros. Além disso aponta que 14 milhões de pessoas são idosas, portanto podem apresentar também algum tipo de necessidade especial e representam mais 8,6% da população. A previsão da mesma fonte é que mais de 15% da população brasileira deverá ter mais de 60 anos em 2025.

Fonte: BRASIL. Turismo e Acessibilidade: manual de orientações. Ministério do Turismo. Secretaria Nacional de Políticas de Turismo. MTUR: 2006, 94 p.

Abaixo vídeo sobre Acessibilidade. Campanha de 2007 │ Conselho Nacional dos Direitos da Pessoas Portadora de Deficiência – CONADE.

(Disponibilizado no YouTube pela Via Ciclo – Associação dos Ciclousuários de Florianópolis)

Anúncios

2 responses

3 03 2010
Sergio Yamawaki

Existe outro grande grupo com mobilidade reduzida que são as gestantes e criança de colo que somados representam 8,5% da população, ou 14,4 milhões de pessoas, segundo projeção IBGE 2007 e também precisam de acessibilidade.

14,5% de pessoas com deficiência
8,6% de pessoas idosas
8,5% de gestantes e crianças de colo
Total= 31,6% da população possui deficiência ou mobilidade reduzida.

A acessibilidade não é custo, mas sim investimento, pois pode aumentar o seu negócio em até 30% e embora já seja obrigatório por lei, quem fizer primeiro terá um excelente diferencial para aumentar a demanda de turistas.

21 05 2010
Aline Franklin

Também esqueceram dos obeso,possuemmobilidade reduzida!
😀
Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: