Portal de hospedagem acessível a deficientes visuais

31 05 2010

No Brasil existem oito milhões deficientes visuais, entre cegos e pessoas com baixa visão e, nesse universo, o número de pessoas que tem vontade e possibilidade de viajar é alto. Atento a essa realidade, o IMB (Instituto Marca Brasil) apresentou uma forma de facilitar o acesso dessas pessoas ao turismo. O instituto lançou nesta quinta-feira, durante o 5º Salão do Turismo, um Portal de Hospedagem 100% acessível para deficientes visuais.  Com a ferramenta, os deficientes visuais poderão ter acesso não apenas às informações do site, mas à prestação de serviços proporcionada pela ferramenta e poderão, sozinhos, buscar informações e efetuar reservas em hotéis e pousadas espalhadas por todo o Brasil.

Atualmente, o site tem 5,4 mil hotéis cadastrados, que vão desde simples pousadas a sofisticados resorts, em 944 destinos do País e já obteve mais de sete milhões de acessos desde janeiro de 2008.  Segundo o presidente do IMB, José Zuquim a iniciativa faz parte da missão do IMB e poderá ajudar os deficientes visuais no acesso à atividade “O turismo é uma grande experiência e os deficientes têm o direito de ter acesso a esse universo. A idéia é possibilitar que esse nicho de mercado seja atendido, mas para isso, os meios de hospedagem precisam estar adaptados e com funcionários capacitados”, disse.

A nova ferramenta contou com apoio da Fundação Dorina Nowill para Cegos. O coordenador e Instrutor de Informática da Fundação, Antônio Carlos Grandi lembra que o número de sites voltados para esse público tem aumentado nos últimos 10 anos e esse público tem muito interesse no setor. “A iniciativa é maravilhosa e os deficientes precisam, têm vontade e gostam de viajar”, ressaltou.  Segundo ele, que perdeu a visão há dez anos, no Brasil o número de deficientes que têm acesso à internet ainda é baixo, mas acredita que esse tipo de iniciativa pode ajudar também na inclusão digital de um maior número de pessoas e no estímulo às viagens.

Grandi defende a necessidade de campanhas de sensibilização nos hotéis para a questão da acessibilidade. “Os meios de hospedagem devem se preparar não apenas para os deficientes visuais, mas também para os cadeirantes, idosos e gestantes”, defende.  A diretora do IMB, Daniela Bitencourt ressalta as dificuldades do trabalho da empresa de tecnologia Intelit, responsável pela adaptação do Portal de Hospedagem e destacou a importância do projeto do ponto de vista da cidadania. O endereço eletrônico do site é: http://www.portaldehospedagem.com.br

Anúncios

Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: